segunda-feira, 13 de março de 2017

# Filmes e Séries

Miss Potter

Helen Beatrix Potter nasceu no dia 28 de julho de 1866 em Kensington Square, na cidade de Londres, capital inglesa, e faleceu em 22 de dezembro de 1943. Ela provém de uma família rica, vinculada aos negócios do algodão. A jovem foi educada na própria residência e teve como tutora sua governanta, a qual lhe ofereceu uma instrução no melhor estilo vitoriano. Nesta época a futura autora, ilustradora, especialista em fungos e se preocupava com a conservação dos recursos naturais, era ainda uma garota introspectiva, discreta e cultivava a solidão. Os únicos amigos eram os bichinhos de estimação. A menina de nove anos adorava espreitar silenciosamente os animais e reproduzir minuciosamente suas imagens em belas ilustrações.

 

Beatrix Potter foi um gênio. Como todos os gênios, deixou uma obra atemporal. O universo que ela criou há um século poderia ter saído ontem de qualquer estúdio onde os recursos mais modernos são utilizados para criar uma linguagem visual e escrita que a criança do século XXI reconheça e com a qual se identifique. Para o público infantil que há tantas gerações lê os grandes clássicos da maior autora infantil de todos os tempos, personagens como Pedro Coelho, Benjamin Coelhinho, Teodora Camundonga e os Coelhinhos Flópsis são arquétipos eternos.
 

Saltam das páginas de seus livros pequenos coelhos travessos; ratinhas de idade avançada e bem dispostas, repletas de ardis, as quais lembram muito as vovós ou bisavós que cada leitor já conheceu; felinos dissimulados que provocam desconfiança; Seu Gregório, um proprietário ranzinza, sempre afugentando os coelhinhos aos gritos, acusando-os de gatunos; Dona Gregória, a qual às vezes se descontrola, o insulta, e logo depois um repolho é atirado através da janela da cozinha; pássaros fiéis sempre atentos e prontos para guiar seus amigos coelhos à segurança do bosque; bonecos campestres que se esforçam para espantar aves predadoras, mas não conseguem aterrorizar ninguém.
 

Apesar desse encantamento gritante, Beatrix teve que lutar arduamente para lançar seus livros. Procurou setenta editoras, mas apenas uma deu retorno positivo. E em 1902, graças a Frederick Warne, sua publicação A História do Pedro Coelho veio a público. Três anos depois a autora adquiriu sua primeira fazenda em Lake Districk, no município de Near Sawrey, conhecida como Hill Top. A partir de então, esta propriedade e suas redondezas tornaram-se personagens de sua obra. Miss Potter é um filme sobre a vida de Beatrix Potter e é muito lindo. Fica a sugestão para o Domingo de Páscoa! E que todos vocês tenham uma Páscoa abençoada e nunca se esqueçam o que ela realmente significa


Fonte de informações:: Lotus do Saber

Follow Us @crafteart